Os estudantes da UFCG escolheram: todos os nossos delegados com a tese REBELE-SE!

Imagem

Cartaz espalhado na universidade!

       No dia 11 de abril, aconteceram as eleições para delegados ao 53º Congresso da UNE na UFCG (Campus Campina Grande), estavam na disputa a Chapa 1 REBELE-SE – Oposição na UNE e a Chapa 2 – Bloco na Rua (representando a majoritária atual da UNE). Após grande mobilização de campanha da chapa 1, que compõe a direção do DCE-UFCG como Movimento Voz Ativa, chamando os estudantes para reconstruírem a União Nacional dos Estudantes, transformando-a em uma entidade rebelde e combativa que realmente represente os interesses estudantis, obtivemos uma vitória histórica.

          Ao final da apuração, o resultado foi o seguinte: REBELE-SE (Oposição de Esquerda) – 860 votos e Bloco na Rua – 31 votos. Os estudantes da UFCG mostraram que aqui não tem mais espaço para o governismo e nem para os oportunistas. Queremos continuar construindo um movimento estudantil combativo que luta por uma universidade pública cada vez mais popular e democrática.

      Os estudantes da UFCG viveram e continuam vivendo grandes mobilizações dentro da Universidade, desde as mobilizações contra a precarização da educação que precederam a greve das federais em 2012, as mobilizações que barraram a EBSERH (privatização do Hospital Universitário) e agora os estudantes querem a universalização do Restaurante Universitário, que é gratuito, mas não é para todos os estudantes. Vamos a Luta construir uma grande bancada no estado da Paraíba com destino a Goiânia, com estudantes dispostos a mudar a história da UNE, trazendo a entidade de volta para a Luta dos Estudantes!

Edísio Leite é Presidente do DCE-UFCG

Na UNISUAM os estudantes escolheram: REBELE-SE na UNE!

Imagem

Apuração da eleição acontece com organização do DCE.

         A Oposição de Esquerda da UNE obteve a 1º vitória sobre a diretoria majoritária no Rio de Janeiro. Após intensa mobilização e campanha no Centro Universitário Augusto Motta (UNISUAM), 4ª maior IES privada do estado, a chapa DCE UNISUAM: não temos tempo a perder, que compõe a tese Rebele-se na UNE, ganhou de 594 a 431 votos da chapa Bloco na Rua. Esse foi um importante passo para o inicio de um grande processo de redemocratização da entidade e volta para a luta do dia-a-dia dos estudantes.

         Os estudantes mais uma vez respaldaram seu DCE, desmoralizando a majoritária que insistiu em afirmar durante sua campanha que eles não o reconheciam. E o mais importante, escolheram nas urnas as linhas políticas que desejam que a UNE siga nos próximos anos. Mantendo a autonomia de governos e reitorias, casando a luta por questões especificas e gerais nas universidades de todo o Brasil.

          Precisamos fortalecer nossa campanha em todo o país, pois só assim a UNE voltará a defender os reais interesses dos estudantes e do povo brasileiro. Devemos disputar as eleições em todas as IES que tivermos a possibilidade, proporcionando aos graduandos a possibilidade do debate de qual modelo educacional queremos construir. O DCE UNISUAM segue firme nessa jornada, continuaremos a mobilização para nossa bancada no ConUNE e contribuiremos em outras universidades. Rumo à vitória!

Katerine Oliveira é Presidente do DCE UNISUAM