Danielle Godoi é eleita Conselheira universitária na UNIMEP

Imagem

Com o resultado oficial da eleição para conselheiros universitários em Piracicaba, na Universidade Metodista da cidade, a candidata da tese REBELE-SE, Danielle Martins de Godoi foi a mais votada no pleito. Saudamos todos os estudantes que participaram da eleição, e também Danielle, que com muita combatividade representará os estudantes da UNIMEP, não se curvando a interesses de reitoria ou diretoria, nem de ninguém que não seja daqueles que a elegeram: os estudantes. Segue abaixo o resultado oficial da eleição.

RESULTADO DAS ELEIÇÕES PARA OS COLEGIADOS SUPERIORES:

CONSELHO UNIVERSITÁRIO:

Attílio Luiz Lafratta Ferreira: 273 votos – Eleito conselheiro suplente

Danielle Martins de Godoi: 563 votos – Eleita conselheira titular

Rafael Davanzo Lacerda: 458 votos – Eleito conselheiro titular

Robertha Mazero Prestes: 274 votos – Eleita conselheira titular

CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO:

Attílio Luiz Lafratta Ferreira: 371 votos – Eleito conselheiro titular

Rafael Davanzo Lacerda: 547 votos – Eleito conselheiro titular

Robertha Mazero Prestes: 524 votos – Eleita Conselheira titular

Parabéns aos Conselheiros eleitos, que tomarão posse na primeira reunião dos respectivos colegiados de 2013!

Anúncios

REBELE-SE apoia Danielle Godoi para Conselheira Universitária da UNIMEP (Piracicaba)

Danielle Martins Godoi é estudante de Direito da Universidade Metodista de Piracicaba

Danielle Martins Godoi é estudante de Direito da Universidade Metodista de Piracicaba

Defende-se a ideia de que a Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP) é uma universidade particular só que com espírito público, e o que caracteriza esse espírito público é a filantropia e os órgãos deliberativos.
Os órgãos deliberativos tem justamente a função de decidir todas as questões relacionadas a instituição, desde financeiras até acadêmicas, para isso, cada curso existente possui um conselho próprio, e ainda um outro conselho específico para cada faculdade, e por fim, deliberando sobre as questões comum a toda universidade, existe o Conselho Universitário, chamado de CONSUN, nenhuma decisão que reflita financeiramente ou academicamente na universidade pode ser tomada sem a anuência do CONSUN. O CONSUN é o órgão máximo, decide até mesmo os valores das mensalidades.
Esse conselho é composto por vários representantes das diversas áreas distribuídas pela universidade, como discentes, docentes, funcionários, alguns setores especializados (financeiro, secretaria acadêmica), cada uma das faculdades, reitoria e vice-reitoria, compondo assim um conselho diversificado e representativo , por isso a importância dos conselhos, e principalmente do CONSUN, por isso é imprescindível a participação dos alunos no conselho, defendendo seus interesse e conhecendo os elementos que definem as principais decisões da universidade que refletem no seu cotidiano dentro da instituição.
E é com espírito de luta que assumo esta tão grande responsabilidade, concorrer a uma das vagas dos estudantes no Conselho Universitário. É preciso combatividade e ousadia para representar os estudantes, muitas vezes em detrimento do interesse da instituição. infelizmente o nosso DCE, ligado a direção majoritária da UNE não tem, nem pode ter essa combatividade e independência. O alunado tem voz, o alunado tem voto, e se nem todos podem estar lá, eu assumo o compromisso de representar o interesse de todos os estudantes!

Danielle Martins Godoi, estudante de Direito da Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP) e candidata ao Conselho Universitário da instituição.

Estudantes da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) barram EBSERH!

DCE convoca estudantes para lutar contra EBSERH

No dia 29 de outubro de 2012, os estudantes da UFCG, organizados pelo DCE, por vários DAs e por algumas federações e executivas de curso realizaram um ato histórico que conseguiu barrar a aprovação, no conselho universitário da instituição, da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). Foram 36 votos contrários a adoção da empresa na UFCG e apenas 4 votos favoráveis. A EBSERH (para entender melhor a EBSERH) está sendo discutida em diversas universidades federais neste momento, e em algumas já foi aprovada.
Essa é uma vitória importantíssima para os estudantes brasileiros. A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) não é a maior, nem a mais tradicional, nem a primeira no ranking das universidades brasileiras, mas nesta segunda-feira deu uma aula de defesa da universidade sempre pública, gratuita e de qualidade. Os estudantes da UFCG, juntamente com os professores e servidores da instituição, demonstraram qual o caminho para barrar a EBSERH. Com muita unidade entre os setores e disposição de luta dentro e fora dos conselhos das universidades.
Segundo Edísio Leite, presidente do DCE-UFCG: “é muito importante que os estudantes não se deixem render pela ameaça do governo de não conseguir atender as demanda dos HUs. Precisamos ir a luta para que seja prioridade o investimento em educação e saúde em nosso país. Para a copa do mundo tem dinheiro, e para saúde e educação não? Qual a prioridade desse governo?”
Abaixo seguem as fotos do ato que barrou a EBSERH.

Conselho Universitário tomado pelos estudantes!

Conselho Universitário tomado pelos estudantes!